Escolha uma Página

Após os fatos acontecidos desde o 20 de outubro passado do presente ano na vereda Brisas, município de San Migual no estado do Putumayo, onde a Força Pública integrada pelo Esquadrão Móvel Anti Distúrbios e a Polícia Antinarcóticos da Polícia Nacional num operativo de erradicação forçada faz uso da força desmedida contra moradores rurais.

No dia 22 de outubro, segundo informes de organizações de Direitos Humanos e dos moradores dessa vereda, sendo as 5:00 am, enquanto as comunidades se encontravam concentradas de maneira pacífica desenvolvendo um cerco humanitário aos cultivos de coca, foram atacados com truculência pela força pública, ataque no qual, segundo os moradores, supostamente se utilizaram armas letais, disparos de fuzil e disparos com gases lacrimogêneos disfarçados. Nessas ações resultaram três campesinos feridos gravemente, entre os quais se conta feridas de projétil na cabeça, um segundo no pé e o terceiro por estabelecer.

A Força Alternativa Revolucionária do Comum rechaça rotundamente esse tipo de ações contra as comunidades campesinas e, ao mesmo tempo, faz um chamado ao presidente Iván Duque para que ordene e cessem este tipo de ações violentas; da mesma maneira, instamos a que se cumpra o pactuado na Reforma Rural Integral e o ponto quatro do Acordo Final de Paz como solução integral ao problema dos Cultivos de Uso Ilícito.

CONSELHO POLÍTICO NACIONAL

FORÇA ALTERNATIVA REVOLUCIONÁRIA DO COMUM-FARC

Bogotá DC, 25 de outubro 2019

Tradução > Joaquim Lisboa Neto